Select Menu

Slider

Campanha da Fraternidade

Performance

Cute

Noticias

Slider

Racing

Em sintonia com o Ano da Paz Dom Alfredo Schaffler, Bispo da Diocese de Parnaíba, redigiu uma carta endereçada a todos os cristãos relatando a importância de termos paz. Na carta Dom Alfredo traz varias reflexões de como se alcançar a paz e a partir dela construir uma sociedade mais justa e mais fraterna.

Segue abaixo o teor da Carta:

Saúdo fraternalmente a todos os fiéis da nossa Diocese, saúdo os padres e religiosos (as), consagrados nas novas comunidades, saúdo todo povo de Deus.

A fraternidade é uma dimensão essencial do homem. Ser irmão e irmã é próprio da pessoa humana. Como pessoas humanas, desejamos todos a paz e a harmonia na nossa convivência familiar e social. A Cultura da Paz e da Cidadania está relacionada ao tema da segurança como uma questão sociopolítica que envolve a todos. Nenhum membro da sociedade organizada deve ser excluído do processo de construção de uma sociedade mais justa, fraterna e segura ou eximir-se de sua responsabilidade no processo de construção da paz social.

Impressiona-nos a triste realidade das guerras que acontecem em tantas partes do mundo com números elevados de vítimas fatais. Mas não está na hora de olhar os números de homicídios que estão acontecendo nesta nossa querida terra da Santa Cruz? Nos últimos 30 anos tivemos um aumento de 259% de homicídios. No ano de 2013 aconteceram 50.806 vítimas de homicídios dolosos no Brasil. Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 11% dos assassinatos do mundo acontecem no Brasil onde uma pessoa é morta a cada dez minutos. Além disso, foram registrados no mesmo ano 50.320 casos de estupro. Quase o mesmo número de vítimas fatais foram registradas pelos acidentes no trânsito.

Diante desta realidade no nosso país, a Conferência dos Bispos do Brasil convocou os brasileiros para um ANO DE PAZ.

Além da violência a dizimar a vida de milhares de brasileiros todos os anos, percebemos outras formas geradoras da violência. Não estamos tomando quase diariamente conhecimento de corrupção em Empresas estatais, desvios de verbas públicas e outros crimes do colarinho branco alimentados pela impunidade de seus agentes que não sabem de nada e não querem assumir a responsabilidade?

Como lembra o Papa Francisco: “o anseio de uma vida plena contém uma aspiração, irreprimível de fraternidade, impelindo à comunhão com os outros, em que não encontramos inimigos ou concorrentes, mas irmãos que devemos acolher e abraçar.

”No silêncio das nossas famílias não acontecem atos de violência?

Será que não existem em tantas cidades de nossa Diocese “bocas de fumo” conhecidos pela larga maioria da população, e os que são responsáveis será que não sabem?

A paz é um valor e um dever universal e encontra seu fundamento na ordem racional e moral da sociedade que tem as suas raízes no próprio Deus. A paz é fruto do amor. Por isso a vivência do amor pode reverter esta situação. “O amor faz com que o homem se realize através do dom sincero de si, amar significa dar e receber aquilo que não se pode comprar nem vender, mas apenas livre e reciprocamente oferecer.” São João Paulo II.

São João XXIII nos fala: “Nada se perde com a paz, mas tudo pode ser perdido com a guerra”. Será que isso não continua atual para nossa convivência humana?

A Igreja trabalha pela paz com a oração. A oração abre o coração não só a uma profunda relação com Deus, como também ao encontro com o próximo sob o signo do respeito, da confiança, da compreensão, da estima e do amor.

Novamente o Papa Francisco nos fala: “o verdadeiro construtor da paz é aquele que faz o primeiro passo em direção ao outro, que sabe pedir desculpa, o que não é fraqueza, mas uma força de paz.”

“Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus” Mt 5,9

Assim convocamos todas as nossas comunidades paroquiais, afim de que o tema da Paz seja incentivado nas mais diversas atividades pastorais, especialmente nos festejos que estão sendo celebrados.Junto com a CNBB queremos orientar que no dia 04 de outubro, festa de São Francisco de Assis, arauto da paz, seja realizada uma Caminhada pela Paz em todas as comunidades paroquiais, nas cidades e no interior. Todas as comunidades devem realizar uma caminhada demonstrando que a paz é possível. Com cartazes, lenços brancos e roupa branca vamos juntos proclamar que somos filhos da Paz.

Com São Paulo que escreveu aos Efésios digo: “Para os irmãos, paz, amor e fé da parte de Deus Pai e Nosso Senhor Jesus Cristo”. ( Ef 6,23)

Na festa da Ascenção de Nosso Senhor de 2015.
+ Alfredo – bispo de Parnaíba

Via CNBB Regional Nordeste 4
-
Uma vez por ano acontece o Encontro Regional de Catequese, objetivando reunir as oito dioceses do Piauí para que juntas possam fazer as avaliações de suas caminhadas, estudarem materiais importantes para a formação, e traçarem planos, dentro de uma programação com datas fixas. Este ano os participantes vão ter como referência o livro Itinerário Catequético. A publicação apresenta orientações importantes para a Pastoral Bíblico-Catequética, trazendo subsídios para todas as dioceses do Brasil, criando assim uma abertura para a implantação desse novo modelo catequético pelas comunidades.
Este ano a Diocese de Parnaíba está recebendo pessoas de seis das oito dioceses piauienses, ausentes apenas as de Floriano e Bom Jesus. O Encontro Regional de Catequese, está acontecendo no Centro de Treinamento Sagrada Família, entre os dias 21 e 24 de maio de 2015. No primeiro dia realizou-se a Celebração Eucarística, presidida por Dom Eduardo Zielski, Bispo Referencial Regional para Catequese, que recebeu uma homenagem pelos seus 15 anos de Ordenação Episcopal (2000-2015). A liturgia ficou sob responsabilidade da diocese de Oeiras. No mesmo dia, Padre João Paulo Moreira, que recentemente concluiu seu Mestrado em Catequese pela Pontifícia Universidade Salesiana de Roma, tomou posse como Coordenador Regional de Catequese.

‘‘Gostaria de destacar o quanto esse momento é importante para todas as dioceses do nosso Estado. Chegaram aqui pessoas vindas de seis das oito dioceses, e o que nos alegra muito é poder observar a quantidade significante de participantes e a satisfação estampada no rosto de cada um, não só pela oportunidade do aprendizado e do contato com os demais, mas pela bela organização que a Diocese de Parnaíba proporcionou para todos. Os participantes foram muito bem recebidos e não nos faltou material e a assistência quando precisamos. Parabéns a todos os envolvidos direta e indiretamente neste belo encontro. ’’ Destacou Pe. João Paulo.
O novo coordenador regional também falou sobre a relação das dioceses com o regional, e de como o livro Itinerário Catequético pode fazer a diferença na caminhada dentro da catequese: ‘‘ Cada diocese tem sua peculiaridade, toma suas decisões e traça suas metas. A coordenação regional se faz presente quando trata de apontar o melhor caminho a ser seguido, então cada uma das oito dioceses adequa as orientações às suas diferentes realidades, mas sempre buscando uma boa sintonia para melhores resultados. O Encontro Regional ganha importância nesse sentido, de aproximar as dioceses. Esse ano os participantes vão estudar sobre uma nova forma de fazer catequese, valorizando a leitura orante, e adontando a forma de ser dos discípulos de Jesus, atuando assim como companheiros de seus catequizandos, fazendo a iniciação à vida cristã, (que é o tema desse ano) acompanhando-os e inserindo-os como pessoas de bem na vida em comunidade. ’’
O encontro tem como assessor Pe. Décio José Walker, da Comissão Episcopal para Animação Bíblico-Catequética, que na tarde do dia 21 de maio recebeu com muita alegria a equipe da Pascom da Diocese de Parnaíba, concedendo uma entrevista, onde fala sobre o evento, os objetivos e a importância do livro Itinerário Catequético.

Confira a entrevista com pe. Décio Walker



Via PasCom da Diocese de Parnaíba

O Grupo de Oração Monte de Sião da Renovação Carismática Católica da Diocese de Parnaíba convida os casais de namorados, casados e solteiros para o ENAMORADOS 2015. O evento terá como tema: "Santidade no Namoro", e contará com palestras para casados e solteiros. O encontro será realizado na Unidade Escolar Padre Raimundo José Vieira, que está localizada na Avenida das Normalistas, 1680 - Bairro Nova Parnaíba. A data de realização será no dia 14 de junho às 15h. Para participar será cobrado um valor simbólico de três pela pulseira que dá acesso a entrada. Participe!!!


Nos dias 18 e 19 de maio, no Centro de Treinamento Pastoral Sagrada Família, estará acontecendo o Encontro de Formação Permanente do Clero. Nestes dias será estudado o tema: 'Iniciação à Vida Cristã', sob orientação do assessor da Dimensão Bíblico Catequética da CNBB Nacional, Pe. Décio José Walker. Com isso, os participantes objetivam refletir sobre o processo catequético, e com esse tem abordado, levar as pessoas ao amadurecimento da fé.

 No encontro serão distribuídos, para os padres, o livro Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil - 2015-2019 - Doc CNBB 102, e a carta pastoral, com a mensagem do Bispo Dom Alfredo Schaffler, sobre 2015 - o Ano da Paz, com sugestões concretas para celebração em cada paróquia.




Texto Via Diocese de Parnaíba
 Neste sábado, dia 16 de maio de 2015, no Centro de Treinamento Pastoral Sagrada Família, aconteceu um encontro para comemorar o Dia Mundial das Comunicações Sociais. Na ocasião foi comentado, pelo Padre João Maria, o texto base da Carta do Papa Francisco, onde se destaca o tema: Comunicar a família: ambiente privilegiado do encontro na gratuidade do amor. No início do encontro o sr. Bispo Diocesano, Dom Alfredo, também fez uma reflexão sobre o tema, e deu as boas-vindas a todos.

Em seu texto, o papa reconhece a importância da família como lugar privilegiado para o aprendizado da comunicação, trazendo como exemplo a passagem bíblica do encontro de Maria com sua prima Isabel. O Papa Francisco faz a leitura orante desta passagem bíblica, sob a ótica da comunicação que se estabelece entre Maria, Isabel e o menino que estava sendo gestado em seu ventre.

Na Mensagem, ele nos conduz a refletir que o ventre que nos abriga é a primeira ''escola'' de comunicação, feita de escuta e contato corporal, onde começamos a familiarizar-nos com o mundo exterior num ambiente protegido e ao som tranquilizador do pulsar do coração da mãe. Este encontro entre dois seres simultaneamente tão íntimos e ainda tão alheios um ao outro, um encontro cheio de promessas, é a nossa primeira experiência de comunicação. E é uma experiência que nos irmana a todos, pois cada um de nós nasceu de uma mãe.

A comemoração desse dia foi instituída pelo Concílio Vaticano II, com o decreto Inter Mirifica, em 1963. E como ocorre todos os anos, por ocasião da festa litúrgica de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas, o Santo Padre divulga uma mensagem ao mundo para ajudar na reflexão e na celebração do Dia Mundial das Comunicações Sociais, na Festa da Ascensão do Senhor.

Contou-se com a presença de profissionais dos mais variados meios de comunicação de nossa cidade e região, como: jornalistas, blogueiros, repórteres e fotógrafos; também se fizeram presentes e acompanharam: leigos, coordenadores de pastoral e representantes de paróquias. O grupo de dança Shekinah fez uma bela apresentação, com música e dança fazendo referência à Maria na Família. A equipe da TV Delta fez a cobertura do evento.

Texto via Facebook da Diocese de Parnaíba
Para celebrar o 49º Dia Mundial das Comunicações Sociais, a Pastoral da Comunicação de nossa Diocese promove um encontro com os comunicadores da cidade de Parnaíba, no próximo dia 16. O evento será no Centro de Treinamento Sagrada Família, às 19h. 

O convite é feito a todos os administradores de sites e blogs, canais de TV, Rádios e de jornais escritos do município de Parnaíba, além de um representante da PASCOM de cada paróquia da Diocese de Parnaíba. Participe. 
-
Os devotos (as) de Nossa Senhora de Fátima, um dos diversos títulos atribuídos a Virgem Maria, celebraram o seu dia, nesta quarta-feira (13). Nos últimos 13 dias, a nossa igreja esteve reunida em oração e celebração, em preparação a Festa em honra a Nossa Senhora. O festejo teve como tema "MARIA,  presença medianeira na comunidade".

A Festa de encerramento teve inicio às 17h com a Santa Missa e logo em seguida os fiéis saíram em procissão com a imagem de Nossa Senhora de Fátima pelas avenidas no Bairro Nova Parnaíba. A caminhada saiu da igreja pela Avenida Coronel Lucas Correia, seguindo pela Avenida das Normalistas, entrando na Rua Coronel Joaquim Antonio e por ultimo na Avenida Alvaro Mendes até a chegada na igreja matriz.
















-